Ateliê Vertical

Esta foi a oportunidade de participar da primeira experiência de integração vertical, contando com alunos do 2o , 3o e 4o ano, nas discussão do tema do TFG.

A minha vontade em participar deste processo, chamado Ateliê Vertical, surgiu pelo fato de que sempre considerei uma das maiores dificuldades do curso encontrar a interdisciplinariedade de trabalhos . Raras são as vezes em que conseguimos fazer um projeto analisando "o todo", passamos a grande parte do período da faculdade, elaborando projetos exclusivos de determinadas matérias, sem que haja uma continuidade, ou correlação com outra matéria , ou ainda com outros trabalhos.

Atribuo a importância da integração, à formação de um novo tipo de aprendizado, que em vez da busca incessante do conhecimento e da absorção de diversas informações de maneira convencional, dá prioridade ao desenvolvimento do raciocínio lógico, da capacidade de associação e análise do todo.

Acredito que este processo contribui para a formação da visão holística necessária a um arquiteto e urbanista.

Outro ponto relevante, é o fato de cada aluno desenvolver um projeto, em paralelo, com enfoque distinto sobre o mesmo tema. Isto faz com que, as discussões não se limitem a uma única escala, ou a um único ponto de vista.

O trabalho "Paranapiacaba" foi desmembrado, pelo grupo, da seguinte maneira:

Ano Aluna Enfoque
5o Ana Carla Revitalização e desenvolvimento da Vila
4 o Juliana Revitalização do Castelinho
3 o Luciana Mobiliário Urbano para a Vila
2 o Gláucia Comunicação visual e sinalização

Além das discussões em grupo, agendamos visitas na Vila com todo o grupo, o que contribui muito para uma abordagem mais efetiva do Tema, nas análise dos problemas e na busca das soluções.