Aspecto Sócio–econômico

Apesar de pertencer ao município de Santo André, um centro urbano industrializado, Paranapiacaba apresenta características distintas, com aspecto de cidade isolada do interior.

Atualmente, não possui uma atividade econômica de base, oferecendo poucas oportunidades de emprego aos moradores, que buscam alternativas em outras localidades.

Ainda existe uma parcela reduzida dos moradores que trabalham em empresas ferroviárias, como a CPTM, a MRS Logística e a RFFSA, não necessariamente em Paranapiacaba.

Alguns moradores trabalham na indústria mais próxima , a Solvay e o restante da população se distribui em atividades da indústria, comércio e serviços, das cidades mais próximas, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Mauá e o centro de Santo André.

A economia da Vila não consegue se sustentar na atividade turística , devido principalmente a falta de planejamento e infra-estrutura adequada para a recepção do turista. Praticamente, não há como o turista gastar o seu dinheiro em Paranapiacaba, pois não existe comércio de artesanato local, possibilidade de hospedagem, alternativas diferenciadas de alimentação, e os passeios turísticos são exclusivamente trilhas, onde se paga apenas uma quantia para o monitor.

A vila possui poucos estabelecimentos comerciais e alguns poucos empregos na rede pública , que nem sempre são preenchidos por moradores locais, como é o caso de professores, médicos. Enfermeiros, guardas ferroviários, etc.

Quanto à educação , na Vila existem apenas duas escolas , uma EMEI e uma de 1o grau, não há cursos de 2o grau ou profissionalizantes, o que obriga os jovens a se deslocarem para a continuação dos estudos.

Demografia

Segundo o último censo computado do IBGE ( 1991), a cidade de Santo André tem uma população total de 615.655 habitantes, sendo que 2.868 desses habitantes são pertencentes ao Distrito de Paranapiacaba.

A população de Paranapiacaba caracteriza-se em 1509 habitantes do sexo masculino e 1359 do sexo feminino.

Quanto aos índices de natalidade e mortalidade foi possível fazer apenas uma avaliação do município como um todo , pois não há hospitais na Vila , e mesmo o seu único cartório funciona precariamente duas vezes por semana , não sendo retratada assim, a realidade do local.

Durante o ano de 1994, segundo o SEADE, DIP/SEPLAN/PMSA, o número de nascimentos em Santo André foi de 11.061, e o de mortes 4.242. A Taxa do Crescimento anual entre os anos de 1980 e 1991, foi de 0,97% , conforme dados do IBGE.

A densidade média de habitantes por Km2 de Santo André é de 3.530,48, enquanto que a densidade demográfica de Paranapiacaba é de 46,68 hab/Km2 , e a área urbana do município apresenta densidade média de 9.025,15 hab/Km2.