Traçado Urbano

Na fase inicial da construção, houve a ocupação dos locais hoje correspondentes à Vila Velha e parte da Vila Alta, por um acampamento de operários da SPR. Não foi implantado um modelo de arruamento para esta área, correspondente à primeira ocupação inglesa. Apenas, foi determinado um eixo principal – Rua Direita_ que dava acesso aos depósitos e oficinas, distribuindo-se desordenadamente em torno desta rua as construções dos operários: ainda os mesmos casebres de pau-a-pique, coberto de sapé.

Já a Vila Nova foi construída a partir de um plano hierarquizado de vias – principais, secundárias e de pedestres ou vielas sanitárias – que definem as quadras e as áreas vazias, de acordo com um padrão de malha ortogonal e regular.

Vila Martim Smith, 1914.
Planta da Vila Nova e canalização de água e esgoto.Fonte: Arquivo RFFSA.

A disposição do traçado urbano é um reticulado simples , com quadras de 60 por 65 metros , que retalhadas por vielas ou ruas de pedestres com 5 metros de largura , originavam quatros quadras menores.

Um tipo de zoneamento define sub-áreas dentro da Vila: casas de engenheiros, casas de operários, alojamento de solteiros, áreas de comércio, área de lazer, etc. Dentro deste traçado se ergueram as casas alpendradas, construídas em madeira que possuíam um conceito de ocupação do lote bastante diferente do que nos legou a colonização portuguesa.

Possui o traçado principal na direção leste-oeste com a função de proteger as fachadas das edificações da ação dos ventos predominantes.

As construções tiraram partido das curvas de níveis e estabeleceram a hierarquia de ocupação. O aspecto simbólico de liderança, fica evidenciado pela privilegiada implantação da residência maior, conhecida como Castelinho, situada na mais alta colina do local e que se destinava ao mais graduado funcionário inglês.

Os quarteirões residenciais, organizados em termos de um claro sistema de aglomeração, facilitavam a localização imediata de qualquer funcionário, que deveria estar sempre pronto a atender os superiores hierárquicos ao primeiro chamado.

"É um tipo de implantação dos corpos no espaço , de distribuição dos indivíduos em relação mútua , de organização hierárquica , de disposição dos centros e dos canais de controle , de definição de seus instrumentos e de modos de intervenção.."

Na modulação quadricular da distribuição espacial de Paranapiacaba, cada qual acaba por obter o controle visual, sendo que a forma geométrica , proporciona o melhor controle para o esquema panóptico (esquema da vigilância) , símbolo do mecanismo disciplinador.

Assim, a Vila possui um conjunto bastante homogêneo, quer pelo traçado urbano e pela implantação da edificação do lote , quer pela utilização da mesma técnica construtiva e mesma fachada.

Emoldurando a Vila de Paranapiacaba, temos um dos mais preservados remanescentes de Mata Atlântica, onde são encontradas trilhas e cachoeiras.

Essa organização, a partir da morfologia natural, resulta num exemplo de perfeita interação das paisagens natural e construída. A configuração harmônica da obra do homem com a da natureza desempenha um papel eminentemente social.